Texto: Quem não esta para doar também não esta para receber
19/09/2017 - 8h12 em Umbanda

...Todos querem...Todos querem incorporar o erê mais fofo, o caboclo mais forte, o pai-velho mais sábio, o exu ou pombogira mais temível. Poucos incorporam as doutrinas, os ensinamentos, os alertas, os conselhos, as recomendações... Todos querem fazer trabalhos nas matas , nas praias, nas montanhas, nos rios , nas estradas, no cemitério. poucos querem varrer o chão, tirar o lixo, lavar a louça, arrumar as cadeiras, justamente no terreiro onde os Orixás, Guias e Protetores trazem sua luz...

Todos querem trabalhar com oferendas de velas, ervas, alguidares, cachaça, elementos mágicos.Poucos querem raspar a tábua, esvaziar os cinzeiros, lavar os alguidares, raspar o respingo de vela.. Todos querem aprender mirongas, banhos, encantamentos, fórmulas, pontos riscados. Poucos querem respeitar a hierarquia, acatar as normas, saudar e respeitar o chão santo..Todos querem ver, ouvir, sentir, receber intuição.Poucos querem ouvir as razões, ver as fraquezas, sentir a sensibilidade, intuir as carências de seu irmão...e fazer as pazes. Todos querem firmar o congá, cruzar imagem, vestor o branco, cantar pontos, bater palma, riscar a tábua.poucos querem ter humildade, serenidade e sinceridade... Todos querem a roupa mais vistosa, a guia mais elaborada, o chapéu, o brinco, a capa, a saia, o instrumento mais exótico.Poucos querem se vestir com a armadura da fé, se vestir com as armas da coragem...e pior, não querem se despir do orgulho, da vaidade e da arrogância... Todos querem, poucos fazem. Todos querem, poucos recebem.

Todos reclamam, se lamentam.Poucos olham pra dentro de si mesmos ou para o lado... A UMBANDA quer ser para todos, mas a UMBANDA, infelizmente é para poucos...

 

Autoria desconhecida.

COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!