Carlos Buby - Casa de Guerreiro
"Quando canto para Ogum me sinto um menino livre e protegido. Em cada compasso regido pela Espada de Luz percebo os passos que ainda não dei. Nos acordes marcados pela cadencia da alvorada, me aqueço com o Manto encarnado, presente em cada amanhecer. Quando canto para Ogum me sinto parte da Banda que a Umbanda nos revelou. Mas para haver harmonia precisamos cantar juntos".
COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!