Artistas e Curimbas de A-Z - Grupo Ojuobá - Rei de Oyó

  A | B | C | D | E | F | G | H | I | J | K | L | M | N | O | P | Q | R | S | T | U | V | W | X | Y | Z

 

GRUPO OJUOBÁ - REI DE OYÓ

Autora: Gabriela D'Xangô
Intérprete: Gabriela D'Xangô

Ojuobá, kaô meu Pai Xangô,
guiado pela luz de Ifá,
fez-se assim um guerreiro.
Do toque do tambor,
espalha o seu axé ao mundo inteiro. 

Das matas, os ventos trouxeram,
um forte brado que ecoou,
do alto de uma pedreira,
anunciando o reinado de Xangô.

Xangô, senhor Iorubá,
justiceiro embatente do Reino de Oyó.
Xangô, Orixá da justiça,
nos livre sempre dos males que nos habita.

Da impunidade, que se faça a igualdade,
da soberba, a humildade,
da mentira, a verdade.
Não nos deixes cair em tentação,
mostrando sempre as conseqüências,
do que se faz impugnando a razão.

Traz um machado envolvido em suas mãos,
representando as leis de Zambi,
de Olorum, o criador desta nação.

Rogando a paz,
sempre como um lutador,
nas caminhadas dessa vida,
eu louvo sempre a meu regente, protetor.

Ojuobá, kaô meu Pai Xangô,
guiado pela luz de Ifá,
fez-se assim um guerreiro.
Do toque do tambor,
espalha o seu axé ao mundo inteiro!

E-mail: mg-vasconcellos@hotmail.com